segunda-feira, 19 de junho de 2017

Um lugar especial: Parque Histórico de Lajeado, RS

O local:

Lajeado é a maior cidade da região do Vale do Taquari, no Rio Grande do Sul. Com cerca de 80 mil habitantes, ela não esconde sua origem germânica, uma vez que os traços europeus estão presentes em diversos detalhes, desde bancos de praças até edificações. Mas tem um ponto de Lajeado que é especial e transporta o visitante à segunda metade do século XIX, época em que os primeiros imigrantes alemães começaram a colonizar a região. Trata-se de uma aldeia museu, um conjunto de casas em estilo enxaimel, distribuídas de forma a remontarem uma vila germânica dentro de um parque aberto à visitação. Assim é o Parque Histórico Municipal de Lajeado, um local que fala por si só e conta belas histórias de nossos antepassados.

Onde fica:

Inaugurado em 2002, o Parque Histórico de Lajeado localiza-se na Avenida Lourenço Mayer da Silva, ao lado do Parque do Imigrante. Para quem transita pela BR-386, no sentido Estrela a Lajeado, após o Posto e a Churrascaria Boi na Brasa, utiliza-se a saída à direita e a Avenida Alberto Müller, no Bairro Alto do Parque. Depois, toma-se a primeira à direita, na Avenida Parque do Imigrante e 250 metros depois, à esquerda. Há placas indicando o caminho, não há como errar. Na entrada do parque, há um belo pórtico e placas de boas vindas em Português e Alemão.

O que fazer:

A visita ao Parque Histórico Municipal de Lajeado é gratuita e não pode ser breve, pois há muito o que desbravar neste local fascinante, que remonta com riqueza de detalhes uma vila germânica, toda em estilo enxaimel. Cada uma dessas casas é zelada por uma organização ou empresa da cidade. 


A arquitetura germânica dá ao parque o fascínio de um museu a céu aberto. Isso, associado às belezas naturais do local, o tornam um dos principais atrativos turísticos da cidade de Lajeado.

Com esta rusticidade encantadora, o Deutscher Kolonie Park, como também é conhecido, já foi cenário principal do filme Paixão de Jacobina (2002), do diretor Fábio Barreto.

Todas as casas foram construídas com detalhes e dimensões fiéis às autênticas, construídas pelos imigrantes alemães, estabelecidos no Rio Grande do Sul há quase 200 anos. Cada uma delas possui uma placa, indicando a família que a construiu e a localização originária.

Todas as instalações do parque seguem o mesmo padrão arquitetônico. 

No centro da aldeia, um monumento entalhado em madeira homenageia os colonos alemães, principais responsáveis pelo desenvolvimento econômico da região. 

Seguindo o passeio pelo parque, há uma pinguela sobre um córrego.

A travessia da pinguela requer cuidados com as crianças. Nada que impeça a travessia para desfrutar desta magnífica paisagem.

A trilhadeira em frente à casa torna o ambiente ainda mais fiel à época da colonização alemã. 

O telhado desta ponte reproduz a técnica original de cobertura de casas da época, com tábuas sobrepostas.

Na aldeia funciona o Museu do Livro Antigo, o museu da Comunicação, além de uma barbearia e um café colonial (Kaffeehaus).

Até os postes de iluminação imitam os da época, só que com lâmpadas incandescentes no lugar das lamparinas a querosene. 

A hospitalidade germânica está presente em todo o parque, da entrada à saída. 

O Parque Histórico Municipal de Lajeado conta ainda com passeios guiados. Esta modalidade de visitação deve ser agendada pelo telefone (51)3982-1252.
Antes de encerrarmos nosso passeio, seguimos pela Rua Senador Alberto Pasqualini, até a antiga ponte metálica, entre os municípios de Lajeado e Arroio do Meio. A ponte fica há 4,7 quilômetros do Parque Histórico e ainda é utilizada, mas teve seu tráfego restrito apenas para veículos pequenos, afinal, trata-se de uma senhora de 77 anos de idade.

É uma das formas de cruzar o Rio Forqueta, um dos principais afluentes do Rio Taquari e delimitador entre os municípios de Lajeado e Arroio do Meio. 

O Vale do Taquari é repleto de atrações turísticas, belas paisagens e delícias da colônia. Não deixe de visitar esta bela região e contemplar o que ela tem de melhor. Além do Parque Histórico, a cidade de Lajeado possui diversos outros pontos turísticos, como a Casa de Cultura, o Parque Professor Theobaldo Dick, o Jardim Botânico e uma ciclovia às margens do Rio Taquari, além de fazer parte da rota Delícias da Colônia, um roteiro gastronômico formado por diversos municípios de matriz germânica da região. 
Veja também, em nossa página no Facebook, mais fotos deste e de outros lugares incríveis. Acesse www.facebook.com/viciadosemestrada e confira.

Até a próxima!



Reserve aqui seu hotel ou pousada:

sábado, 10 de junho de 2017

Café da Torre

O local:

Que tal um café em um local com uma vista incrível? Nas proximidades da Linha Brasil, interior de Nova Petrópolis, há uma atração especial, às margens da RS-235. Um mirante com uma vista panorâmica do vale do Rio Caí. Não só um local romântico, mas também de beleza impressionante. O mirante fica junto a um café e a uma loja de artefatos em couro.



Onde fica:

O Café da Torre, como é chamado, localiza-se às margens da RS-235, cerca de 2 quilômetros após o acesso ao Parque Pedras do Silêncio, na localidade de Linha Brasil, entre Nova Petrópolis e Gramado. É impossível trafegar por ali sem notar a estilosa torre mirante.

O que fazer:

Conquiste a torre! Não estou falando de uma partida de xadrez. A torre é a do mirante, que é conquistada subindo em sua escada em espiral. A bela edificação em arquitetura germânica chama a atenção de quem transita por este trecho da RS-235.

Fazer uma parada para um café em um dos locais mais românticos da Serra Gaúcha é um ótimo programa para um sábado à tarde! Após o café, a conquista da torre é um destino obrigatório. A vista lá de cima é magnífica! O vale do Rio Caí, abraçado pelos montes, formam uma paisagem clássica da região.

Não há como não se encantar com esta vista. Do alto da torre ao talvegue do rio, são mais de 500 metros de diferença de altitude. Realmente, é de perder o fôlego!
Depois de admirar a paisagem, o visitante pode fazer umas compras na loja de produtos de couro, instalada no mesmo local.

O Café da Torre é apenas mais uma das inúmeras atrações da região, dentre belezas naturais e um talento nato para o turismo! Não deixe de visitar esta maravilha na Rota Romântica.
Acesse a nossa página no Facebook e confira mais fotos de todos os locais visitados. O endereço é www.facebook.com/viciadosemestrada.

Até a próxima!


Ir ao resumo


Reserve aqui seu hotel ou pousada:

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *